terça-feira, 30 de maio de 2017

Inquestionavelmente

"Como uma criança eu recebi instrução tanto na Bíblia como no Talmud. Eu sou um judeu, mas eu estou fascinado pela luminosa figura do Nazareno. Ninguém pode ler os Evangelhos sem sentir a real presença de Jesus. Sua personalidade pulsa em cada palavra. ... Nenhum homem pode negar o fato de que Jesus existiu, nem que seus ditos são belos. Ainda que alguns deles tenham sido mencionados antes, ninguém os expressou tão divinamente como ele."

Albert Einstein
The Saturday Evening Post, 26 de Outubro de 1929, pág. 117.

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

  ©Orthodoxia 2006-2017

TOPO