domingo, 7 de março de 2010

Sugestões para prosperar

Trabalhar duro é o grande segredo do sucesso. Nada além de trapos e pobreza pode vir da preguiça. Trabalhar em excesso é a única forma de se conseguir dinheiro. Sem suor nada é fácil. Quem quiser ovos de corvo tem de subir na árvore. Atualmente, todo mundo tem de construir a própria fortuna. As camisas com mangas enroladas são feitas do melhor tecido; e quem não tem vergonha do avental, logo estará apto a trabalhar sem ele. Conforme diz o pobre Ricardo: "A diligência é a mãe da sorte", e João Lavrador completa: "A preguiça é o amortecedor do diabo". Acredite em dar um passo de cada vez, não espere ficar rico de um salto.

Fazer a colheita com muita ganância Não ajuda o dinheiro a aumentar.

É melhor ir devagar com segurança que rápido e sem garantia. A perseverança, com seus ganhos diários, enriquece um homem muito mais que os trancos e barrancos da especulação auspiciosa. Peixes pequenos são saborosos. Como disse a porca enquanto batia no mosquito, todo pequeno ajuda. Dia a dia, o fio faz uma meada em um ano. As casas são construídas tijolo por tijolo. Nós engatinhamos antes de andar, andamos antes de correr e corremos antes de cavalgar. Para ficar rico, a pressa é o pior passo. A pressa passa rasteira em seu próprio calcanhar. Os escaladores ágeis sofrem quedas súbitas.

É péssimo iniciar negócios sem capital. É difícil negociar com os bolsos vazios. Nós queremos um ovo do ninho, pois as galinhas botam onde já há ovos. É verdade que você deve cozinhar com a farinha que tem, mas se o saco estiver vazio não serve também para montar uma padaria. Fazer tijolos sem barro é muito fácil se comparado a fazer dinheiro quando não se tem nada para começar. Você, jovem rapaz, continue como artífice mais um pouco até ter economizado algum dinheiro. Voe quando suas asas tiverem penas; mas se tentar muito cedo, acontece-lhe o mesmo que à jovem gralha que quebrou o pescoço tentando voar antes de estar emplumada. Todo peixe pequeno aspira ser um tubarão, mas é prudente ser um peixe pequeno enquanto há pouca água, quando seu tanque se transforma em um mar, aí então, você pode crescer o quanto quiser. Negociar sem capital é como construir uma casa sem tijolos, fazer um fogo sem gravetos, queimar vela sem pavio; leva os homens ao engano e os faz acabar em dificuldade.

Não desista de um negócio pequeno até sentir que o maior pagará melhor. Até mesmo as migalhas são pão.

É melhor para um pobre cavalo ficar em um estábulo vazio;
Enfim é melhor metade de um pão do que nada.

É melhor ter pouca mobília que uma casa vazia. Nesses tempos difíceis, o melhor para quem pode se sentar em uma pedra e se alimentar é não se mexer. De mal a pior não é um bom prognóstico. É difícil comer uma casca de pão, mas não ter nem isso para comer é mais difícil ainda. Não adianta pular fora da frigideira e cair dentro do fogo. Lembre-se, muitos homens se deram bem com lojas pequenas. Uma pequeno negócio com lucro é melhor que uma grande preocupação com prejuízo; o fogo baixo aquece você melhor que o fogaréu, que pode até virar incêndio. Pode-se obter uma grande quantidade de água de um cano fino, se o balde estiver sempre lá para captá-la. Lebres grandes podem ser capturadas em bosques pequenos. Uma ovelha pode ficar gorda em uma campina pequena e morrer de fome em um grande deserto. Quem empreende demais tem pouco sucesso. Duas lojas são como dois tocos, o homem vai para o chão entre eles, você pode arrebentar a bolsa ao tentar enchê-la demais, e se destruir pelo excesso de avidez.

Em um grande rio encontramos bons peixes, mas tome muito cuidado para não se afogar.

Faça o menos possível de mudanças; com freqüência, as árvores transplantadas produzem poucos frutos. Se você tem dificuldades em um lugar, terá em outro; se você se mudar por que é úmido no vale, pode achar que é frio na montanha. Aonde o asno pode ir sem ter de trabalhar? Onde uma vaca pode morar sem ser ordenhada? Onde você encontra terra sem pedras ou carne sem osso? Em todo lugar da terra, o homem deve comer pão conseguido com o suor do rosto. O homem tem de ter asas de águia para fugir da dificuldade. Mudança nem sempre significa benefício, como disse a pomba quando saiu da rede e se viu na torta. Há um tempo certo para mudar, portanto é bom você se apressar, pois uma galinha sentada não consegue milho. Mas não fique para sempre na mudança, pois a pedra que rola não cria musgo. Quem se fixa é o vencedor. Quem espera o tempo necessário vence. No fim, muita diversidade não leva a nada; mas o homem chega em casa no tempo devido montado em um cavalo. As sementes crescem no solo; os pássaros chocam seus ovos no ninho; o pão assa no forno; os peixes vivem no rio.

Não se ponha acima dos seus negócios Virar o nariz para o seu trabalho é o mesmo que discutir com seu pão e manteiga. Só um ferreiro ruim tem medo das faíscas que faz em seu trabalho; há sempre algum desconforto em todas as atividades, mesmo para limpar chaminés. A que situação chegaríamos se os marinheiros desistissem de ir para o mar por causa da umidade, se os padeiros deixassem de assar pão por causa do calor, se os lavradores não arassem por causa do frio ou os alfaiates não confeccionassem suas roupas por medo de espetar os dedos! Besteira, meu caro companheiro, não há vergonha nas ocupações honestas, não tenha medo de sujar as mãos, pois há muito sabão para limpá-las. Todos os negócios são bons para bons negociantes. Um homem esperto pode fazer dinheiro sem se sujar. Os jogos de Lúcifer pagam bem se você vender muitos deles.

Nunca se preocupe com o mau cheiro - As moedas têm cheiro agradável.

Você não pode conseguir dinheiro se ficar assustado com as abelhas nem semear milho se estiver com medo de sujar as botas de lama. Seria melhor se os cavalheiros afetados emigrassem para a Terra dos Tolos, em que os homens conseguem seu meio de vida usando botas brilhantes e luvas perfumadas de lavanda. Quando as barras de ferro se derreterem sob o vento sul, quando você conseguir cavar campos com palitos de dentes, movimentar navios com leques, adubar safras com água de lavanda e fazer crescer bolo de ameixa em potes de flores, então haverá um tempo bom para os janotas; mas até que o milênio chegue, temos muito para erigir e é melhor carregar nossas cargas presentes que correr com precipitação para onde encontraremos problemas bem piores.

A palavra de ordem é: labuta. Todo mundo precisa remar com os remos que tem; e como não pode escolher o vento precisa navegar do jeito que Deus manda. Com o tempo, a paciência e a atenção trazem progresso. Se a gata esperar o suficiente no buraco pega o rato. Por isso, sempre cresce repolho e alface de boa qualidade, enquanto em alguns lugares crescem cardos. Sei, como lavrador, que é preciso subir e descer o campo muitas vezes para arar um acre, não se vence o solo andando um quilômetro de cada vez. O que ara nas nuvens vê varas e varetas surgirem no gramado, enquanto a preguiça acena.

Tenha muito cuidado. A raposa leva as aves domésticas que dormem. Quem não fica de tocaia não caça. Os tolos perguntam o que há com o relógio, mas os sábios sabem seu tempo. Moa enquanto o vento sopra ou não acuse a providência. Deus envia a cada pássaro seu alimento, mas não o joga no ninho; ele nos dá o pão de cada dia, mas por intermédio do nosso trabalho. Agarre o tempo pelos cabelos. Acorde cedo e pegue a lagarta. A hora matinal vale ouro. Quem está no fim da fila leva toda a poeira nos olhos, levante-se cedo e inicie bem seu dia.

Nunca tente negócios sujos para conseguir dinheiro. Não vale a pena lamber mel de espinhos. Um homem honesto não se faz de cachorro só para conseguir um osso. É difícil andar no gelo da tentação; o passeio de patins atrai, mas termina com uma queda forte ou coisa pior. Quem come no mesmo prato que o diabo precisa ter uma colher longa. Nunca se arruíne em função de dinheiro; pois é o mesmo que se afogar em um poço para beber um gole de água. Não leve nada na mão de que possa se arrepender. É melhor caminhar descalço do que ir de carruagem para o inferno; é melhor que o pássaro morra de fome do que engorde com a saliva; é melhor para o rato conseguir pouco mordiscando o queijo do que ser pego na ratoeira. Dinheiro limpo ou nada – pois dinheiro ganho da forma errada é uma perda sem retorno.

Um bom artigo, com peso certo e um preço justo, traz compradores para a loja, mas as pessoas não recomendam a loja em que são enganadas. Os trapaceiros nunca prosperam ou se conseguem deve ser em Londres onde têm a oportunidade de conseguir compradores à custa de quem possam viver. Às vezes, o arqueiro acerta o alvo à distância, mas um lance certeiro é o melhor. A bolsa do enganador está cheia de buracos O que usa sapatos roubados fica com bolhas nos pés. Os que têm os dedos ardilosos encontram outras coisas pegajosas além da prata. Roube enguias, e elas se transformam em cobras. Quanto mais uma raposa roubar, mais cedo será caçada. Se um trapaceiro quisesse fazer um bom negócio, seria bom se tivesse um irmão gêmeo honesto. Se tudo que você almeja é lucro, ainda assim negocie honestamente, pois é a melhor forma de jogar.

Olhe mais para os seus gastos. Se sair mais do que entra, você será sempre pobre. A arte não reside em fazer dinheiro, mas em mantê-lo; as pequenas despesas são como ratos em um celeiro, causam muito prejuízo em grandes quantidades. A cabeça fica careca fio por fio; a cabana fica sem sapé palha a palha; e a chuva entra no quarto gota a gota. O barril esvazia logo, se a torneira vazar não mais que uma gota por minuto. Os frangos são depenados pena a pena, se a criada persistir na tarefa. Pequenos ácaros comem o queijo; pequenos pássaros destroem uma grande quantidade de trigo. Quando você quiser economizar comece pela boca; há muitos ladrões na alameda dos bares. A garrafa de cerveja faz você esbanjar muito. Em todas as coisas, mantenha-se dentro dos limites. Quanto às roupas, escolha as confortáveis e de tecido durável, não as enfeitadas e espalhafatosas. Estar aquecido é o mais importante; nunca se importe apenas com a aparência. Nunca estique suas pernas além do que seu coberto pode cobrir ou logo você se resfria. Qualquer tolo pode conseguir dinheiro, mas é preciso ser sábio para gastá-lo. Lembre-se que é mais fácil construir duas chaminés que manter uma funcionando. Se gastarmos tudo na sala e na mesa não sobra nada para a poupança. Se você se esforça e trabalha duro enquanto é jovem poderá repousar quando ficar velho.

Nunca seja indulgente com a extravagância a não ser que queira pegar um atalho para o asilo. O dinheiro tem asas próprias, e se encontrar outro par de asas não tente saber se voam rápido.

Quem tiver e não mantiver;
Quem quiser e não procurar;
Quem beber e não estiver com sede,
Vai querer dinheiro tanto quanto eu.

Se nosso povo apenas visse a quantia de dinheiro que joga fora em bebida ficaria de cabelo em pé com o susto. Por que ele engole rios de cerveja, mares de cerveja preta e lagos enormes de bebidas alcoólicas e outras aguardentes? Todos nos vestiríamos como cavalheiros e viveríamos como galos de briga se gastássemos em bebida alcoólica com sensatez. Precisaríamos nos levantar mais cedo para gastar todo nosso dinheiro, pois nos veríamos, de repente, quase como ricos apenas por estancar o gotejar da torneira. De qualquer forma, vocês jovens, que desejam subir no mundo, devem ganhar pontos derrubando metade de suas canecas e pondo na cabeça que as bebidas alcoólicas jamais podem tomar conta de vocês. Tenham seus luxos, se quiserem, depois que tiverem feito fortuna, mas apenas depois disso procurem seu pão e seu queijo. Espero que me perdoem por tecer esse longo fio, mas comecei a puxar, e ele veio. Minha conversa parece a corda do irlandês que o impedia de entrar no navio porque alguém tinha cortado a parte final. Apenas gostaria de dizer que não sejam gananciosos, pois a cobiça é sempre pobre; esforcem-se para ir em frente, pois a pobreza não é virtude, e subir no mundo traz crédito para o homem, além de conforto. Ganhem tudo o que conseguirem economizar e, depois, dêem tudo que puderem dar. Nunca tentem economizar com a causa de Deus; tal dinheiro macula o resto. Quando se dá para Deus não há perda; é como pôr sua essência no melhor banco. Na verdade, dar é ter, como está escrito na lápide antiga: "O que gastei, eu tive; o que economizei, perdi; o que dei, eu tenho". O bolso do pobre é um cofre seguro, sempre é um bom investimento emprestar ao Senhor. João Lavrador deseja vida longa e prosperidade para todos os jovens.

O suficiente em prosperidade
Saúde abundante,
Longos anos de contentamento,
E quando a vida tiver passado,
Uma mansão na glória de Deus.

Charles Haddon Spurgeon - Sabedoria Bíblica

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

  ©Orthodoxia 2006-2017

TOPO