domingo, maio 17, 2009

Quem escreveu a epístola aos Hebreus?

Complementando o artigo do Pr. Marcello de Oliveira, segue algumas citações históricas:

"(...) Clemente expõe muitos pensamentos da Carta aos Hebreus, e inclusive utiliza textualmente algumas passagens da mesma, mostrando assim com toda claridade que este escrito não é recente. Por isso pareceu natural catalogá-lo entre os demais escritos do apóstolo. Porque Paulo praticou por escrito com os hebreus valendo-se de sua língua pátria, e alguns dizem que a carta foi traduzida pelo evangelista Lucas, mas outros afirmam que foi o próprio Clemente, o que talvez seja mais verdadeiro pelo fato de ambas, a Carta de Clemente e a Carta aos Hebreus, conservarem um caráter estilístico semelhante, além de não se diferenciar muito o pensamento de um e outro escrito." (Eusébio de Cesaréia - História Eclesiástica, Livro 3, XXXVIII, 1-3)

"Diz também que a Carta aos Hebreus é certamente de Paulo, mas que foi escrita em língua hebraica para os hebreus, sendo que Lucas a traduziu cuidadosamente e a editou para os gregos; daí que se encontre o mesmo colorido no estilo desta carta e nos Atos. E acrescenta que é natural que a expressão "Paulo apóstolo" não esteja escrita no cabeçalho, "porque - diz - como escrevia aos hebreus, que tinham prevenção contra ele e dele suspeitavam, com absoluta prudência não quis espantá-los já no início pondo seu nome". E um pouco abaixo acrescenta: "Pois bem, como dizia o bem-aventurado presbítero, posto que o Senhor, apóstolo do Todo-Poderoso, foi enviado aos hebreus, Paulo, que o havia sido dos gentios, por modéstia não se intitulou apóstolo dos hebreus, e ao mesmo tempo por deferência para com o Senhor e porque, apesar de ser arauto e apóstolo dos gentios, escreve em anexo também uma carta aos hebreus." (Eusébio de Cesaréia - História Eclesiástica, Livro 6, XIV, 2-4)

"(...) Ele (Paulo), sendo um hebreu, escreveu em hebraico, ou seja, sua própria língua, na qual é mais fluente, e as coisas que foram escritas de forma eloquente em hebraico o foram ainda mais eloquentemente traduzidas ao grego, e esta é a razão pela qual soa diferente das outras epístolas de Paulo." (Jerônimo - De Viris Illustribus, 5)

2 Comentários:

Marcello de Oliveira disse...

Shalom, uv'rachot!

Haver Fabrício, ótimo artigo que lança luz sobre este tema relevante. É lógico que, somente o Eterno sabe o autor. Mas há alguns indicios para a autoria do apóstolo Paulo.

HaShem te abençoe e te guarde!

Pr Marcello de Oliveira

http://davarelohim.blogspot.com/

Kelson disse...

Pois é!
Concordo com o nosso irmão Pr. Marcello, somente o Eterno sabe!
Ótimo artigo, não sabia que a probalidade de ser sido Paulo possuía uma vertente mais aprofundada!
Conheço também outras considerações como quem tivesse sido o escritor teria sido Apolo, uma outra mais remota seria Priscila (Prisca), esposa de Aquila, relatados no livro de Atos!
Mas acho o teoria de ser sido o Apostólo Paulo, algo mais plausível!!!

Kelson


email: k.thony@gmail.com

Postar um comentário

  ©Orthodoxia 2006-2017

TOPO