quinta-feira, dezembro 03, 2009

Três perguntas e respostas sobre produtividade com Matt Perman

1. Qual o erro mais comum que as pessoas cometem ao tentar desenvolver um sistema de produtividade?

Há vários erros que as pessoas cometem nessa questão, mas penso que o maior deles é que eles simplesmente procuram fazer com que seus sistemas capturem e organizem seus trabalhos atuais. Não deveríamos perguntar “que coisas estão disputando minha atenção e como eu as organizo?”. Antes, deveríamos primeiro perguntar “que coisas são mais importantes para eu fazer e como eu tenho certeza de que consigo dar continuidade a elas?”. A primeira pergunta é reativa; a segunda, proativa.

2. Nos últimos três meses, qual foi o insight mais útil que ajudou você a ser mais produtivo?

O comentário de Peter Drucker de que “executivos eficazes colocam as coisas mais importantes em primeiro lugar e fazem uma coisa de cada vez”. Minha carga de trabalho tem sido maior do que o normal nos últimos meses, e isso faz com que eu fique tentado a me desdobrar e me lançar em frentes demais ao mesmo tempo. Drucker me lembra a evitar essa armadilha. Primeiro, você não tem que fazer tudo. Em vez disso, identifique o que é mais importante e comece por aí. Segundo, ganhe ímpeto fazendo uma coisa de cada vez, concluindo-a e, então, parta para a próxima (a que seja a melhor alternativa). Talvez você pense que isso faz com que seja mais demorado fazer as coisas, mas, na verdade, você ganha tempo. A falta de tempo é exatamente a razão pela qual devemos fazer uma coisa de cada vez.

3. Em poucas palavras, qual o princípio mais importante e fundamental para ser-se produtivo?

Na verdade, eu diria: saiba que você não tem de ser produtivo. Com isso eu quero dizer: sua significância não vem da sua produtividade. Ela vem de Cristo, que obedeceu a Deus perfeitamente em nosso favor, de modo que nossa significância e posição diante de Deus vêm dele, não de algo que fazemos. Então, com base nisso, nós exercemos as boas obras (que é o que a produtividade é) e as fazemos zelosamente, como é dito em Tito 2:14 [“O qual se deu a si mesmo por nós para nos remir de toda a iniqüidade, e purificar para si um povo seu especial, zeloso de boas obras.”]

No que diz respeito à aplicação cotidiana, o princípio mais importante é: a chave para a efetividade não é a inteligência ou mesmo o trabalho duro, por mais que sejam coisas importantes. É a disciplina de se colocar as coisas mais importantes em primeiro lugar. Você precisa agir a partir de princípios confiáveis e organizar e executar as prioridades em volta. Isso significa que, em vez de priorizar o seu planejamento, você planeja as suas prioridades.

Tradução: Saulo Rodrigo do Amaral

Ooriginal em inglês disponível em: http://joshetter.posterous.com/three-qandas-on-productivity-with-matt-perman

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

  ©Orthodoxia 2006-2017

TOPO