terça-feira, setembro 15, 2009

Exemplo do evangelicalismo popular dos nossos dias


Interessante. Estava dando uma olhada na minha lista de blogs e me deparei com a seguinte citação de A.W. Tozer, no blog 5 Solas:

Se enxergo corretamente, a cruz do evangelicalismo popular não é a mesma cruz que a do Novo Testamento. É, sim, um ornamento novo e chamativo a ser pendurado no colo de um cristianismo seguro de si e carnal... a velha cruz matou todos os homens; a nova cruz os entretêm. A velha cruz condenou; a nova cruz diverte. A velha cruz destruiu a confiança na carne; a nova cruz promove a confiança na carne... A carne, sorridente e confiante, prega e canta a respeito da cruz; perante a cruz ela se curva e para a cruz ela aponta através de um melodrama cuidadosamente encenado – mas sobre a cruz ela não haverá de morrer, e teimosamente se recusa a carregar a reprovação da cruz.
O detalhe é que tinha acabado de ler uma matéria do New York Times, no UOL, falando sobre determinadas atividades em algumas "igrejas". Para ilustrar o que Tozer escreveu, veja um exemplo do que ele tanto criticava aqui.

É ou não é uma vergonha?

Obs: para ler um artigo de Tozer sobre o entretenimento no meio cristão, clique aqui.

3 Comentários:

R. M. Ben disse...

O ruim, o pior disto tudo, é que as pessoas encram a Igreja como um clube, do qual fazemos partes, pagamos a mensalidade, e encontramos "respeito", "amigos", "felicidade" - o que é muito coerente com o que o mundo fala hoje, mas não tem nada a ver com fazermos parte do Corpo de Cristo, e encontrarmos a Ele, e a sua glória. Na busca por ser amigo do mundo, acabam criando inimigos de Deus.

Mano Paulo disse...

Que Deus seja contico mano...
Valar o evangelho sem adulteralo é complicado, nesta geração... mas dou graças por irmão q não se calam e mostram a verdade, por toda parte!!!

Marelo IKD disse...

Ótimo artigo!!!! Costumo dizer pra galera a mesma coisa que o R M Ben falou: Igreja pra maioria é um clubinho é circulo social.

Postar um comentário

  ©Orthodoxia 2006-2017

TOPO