quinta-feira, setembro 25, 2008

O "evangélico" de hoje

Teologia da ProsperidadeAchei umas pérolas na Internet hoje, e não dava para deixar passar em branco. Leiam os pequenos trechos abaixo e depois assistam ao pequeno vídeo do pastor John Piper. Em sua maioria, os "evangélicos" de hoje são pessoas querendo fazer "boas obras", "boas escolhas", para obter algo, seja saúde, dinheiro, marido... Só há um problema: isso não é viver o Evangelho, mas, sim, praticar a idolatria, mesmo que metam o nome de Deus no meio. Mas, enfim... leiam os trechos e vejam o vídeo.

Segundo pesquisa da Fundação Getulio Vargas, cerca de 30% dos fiéis das igrejas evangélicas estão nas classes C e D, em que a teologia da ascensão material encontra terreno propício. "A igreja nos ensina a ter o melhor. Aqui a gente aprende que ter prosperidade é dom de Deus. Se somos pessoas boas, nossa fé vai nos dar condições de, por exemplo, viajar, fazer cruzeiros e ficar em hotéis cinco-estrelas", diz Daniela Soares, 32 anos, fiel da Universal há dezoito. Empresária adepta do terninho, salto alto e maquiagem, ela coordena um grupo de jovens em atividades como um desfile de vestidos de noiva em que, microfone em punho, grita: "Quem quer se casar neste ano?". Diante do mar de mãos erguidas, arremata: "Então, vai escolhendo o vestido, que ele pode ser seu". (...)

"Todas as segundas-feiras temos uma palestra na igreja chamada Congresso Empresarial. Nela aprendemos que prosperar financeiramente não é sujo. Se o casal não tem dinheiro, ele vai brigar por causa disso. O mesmo acontece na vida como um todo. Deus nos ensina a ter o melhor, a lutar para melhorar de vida", empolga-se Nathalia Gomes, 20 anos, fiel há seis anos da Igreja Universal do Reino de Deus, que usa cabelo ruivo espetado, veste camiseta com ombro de fora e não dispensa seu par de coturnos. (...)

"As pessoas criam esse estereótipo de que ser cristão é ser chato. Não é isso. A gente pode tudo, tem a mesma liberdade que qualquer um. Só que fazemos escolhas. E, na minha opinião, fazemos as melhores", diz Rafael David, 21 anos, da mesma Bola de Neve. A igreja foi fundada em 2000 pelo surfista Rinaldo de Seixas Pereira, o pastor Rina, de 36 anos. Uma vez por ano, dezenas de ônibus de seguidores da Bola de Neve rumam para Florianópolis para participar de torneios de surfe e skate. Na praia, os meninos ouvem reggae com letra religiosa e as meninas usam biquínis comportados.

Fonte:Revista Veja - Edição 2077 de 10 de setembro de 2008

Agora, veja este vídeo de John Piper.

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

  ©Orthodoxia 2006-2017

TOPO