sábado, 2 de fevereiro de 2008

O dia se chama Hoje

Coração duro é alienação
É falso contentamento
Embrutecimento é cadeia e lágrimas


Quem já sofreu quieto até sangrar

Quem se armou com pedras pra machucar
Quem já correu o mundo até cansar
Quem construiu um muro ante ao altar

Pode alguém agir assim e sorrir?
E se fez de surdo pra não ouvir

É assim que a alma grita: socorro!

Pode quem já matou, ser inocente?
E quem cerrou os dentes, cantar?

Ouça!

Ainda há esperança, ainda
Ainda há esperança, ainda
Ainda há esperança, ainda

Volta filho Meu!

Rompe! E Marcha! E Vem!

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

  ©Orthodoxia 2006-2017

TOPO